Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paróquia dos Álamos, Funchal

Simbologia prò Advento - os 4 Domingos e as 9 Missas do Parto

Advento

 

1.ª parte

 

Ao aproximar-se o Natal, apresentam-se-nos uma Caminhada de Advento e uma Proposta Cari­tativa (rifas, renúncia). Não dizem respeito apenas aos sectores e grupos mas a toda a paróquia, a cada um de nós. Pro­põe a todos nós acolher Jesus que vem, conhecê-Lo e tornar-nos seus.

Por isso, queremos perguntar-‑nos e entender o que significa ser Igreja. Seremos convidados a sa­borear a Palavra de Deus, dizer u­ma oração e a assumir um com­promisso simples.

Sinal de que esperamos Jesus é a coroa de Advento, a elaborar com as velas que recebermos, ca­da domingo, na Missa. Assim se prepararão as famílias, à volta da Luz, que ilumina a nossa vida e a­quece a nossa alma:

«Alegrai-vos sempre no Senhor. Novamente vos digo: alegrai-vos. Seja de todos conhecida a vossa bondade. O Senhor está próximo» (Flp 4,4-5).

 

São três os componen­tes da coroa de Advento:

— ramos verdes entrelaçados, símbolo de esperança e de vida sem fim; Isaías profetiza a vinda do Messias e o cumprimento da Promessa de Deus à Humanidade;

— forma de anel, sinal da Aliança de Deus connosco, Sua Assem­bleia Santa;

— quatro velas que os mais pe­quenos acendem, gradualmente, mais uma em cada domingo, sinal do que o Senhor se aproxima e a nossa alegria cresce; acendem-se antes da oração e da mesa (na Eu­caristia, em família, quando chega uma visita...).

 

2.ª parte

 

As Missas do Parto hão de ser, de Deus quiser, una Novena de descoberta de talentos nas pessoas da própria comunidade, um convite a pô-los a render e a associá-los a diferentes figuras do Presépio:

 

Ser Igreja - Palavra - Sinal - Talento

Ser Igreja - Palavra - Sinal - Talento

30nov18h, 01dez9h e 11h - vela-despertador - Sejamos igreja atenta – Mt 24,37-44 - 1º Domingo do Advento A;

07dez18h, 08dez9h e 11h - vela-pá - Sejamos igreja em mudança - Lc 1, 26-38 - 2º Domingo do Advento A = Imaculada Conceição;

14dez18h e 15dez9h - vela-coração - Sejamos igreja corajosa – Mt 11,2-11 - 3º Domingo do Advento A);

15dez06h - jumento ou burro - humildade - Mt 11,2-11 - A pergunta de João Batista e louvor a João Batista

16dez06h - boi ou vaca - força pacífica - Mt 21,23-27 - Autoridade de Jesus

17dez06h - José - participação - Mt 1,1-17 - Genealogia de Jesus Cristo

18dez06h - anjo - fé - Mt 1,18-25 - Anúncio do nascimento de Jesus

19dez06h - pastores - sacrifício - Lc 1,5-25 - Anúncio do nascimento de João Baptista

20dez06h - Maria - acolhimento - Lc 1,26-38 - Anúncio do nascimento de Jesus

21dez06h - cabana - generosidade - Lc 1,39-45 - Visita de Maria a Isabel

21dez18h e 22dez09h - vela-Bíblia - Sejamos igreja confiante – Mt 1,18-24 - 4º Domingo do Advento A

22dez06h - Jesus - empenho - Mt 1,18-24 - O sonho de José

23dez06h - Magos - entusiasmo - Lc 1,57-66 - Nascimento e circuncisão de João Batista

 

 

I Domingo do Advento A

580.1

580.2

580.3

580.4

580.5

580.6

580.7

580.8

Mensagem do Sr. Bispo prò Advento:

 

29-11-2019

"O Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem chamado José, da casa de David. O nome da virgem era Maria" (Lc 1,26-27).

A história do mundo mudou depois deste encontro: Deus fez-se homem: é Jesus de Nazaré. Conduzido à morte de cruz e sepultado, ressuscitou - quer dizer: tendo vencido a morte, é alguém do presente e não do simples passado. E continua a querer encontrar-se connosco, com todos, a querer passar pelas nossas vidas como fez pelas estradas da Galileia e da Judeia de há 2 mil anos.

O Advento é tempo para contemplarmos o encontro de Deus connosco. Um encontro que, antes, se foi desenhando e preparando no tempo dos profetas do Antigo Testamento e em João Batista; um encontro que se fez carne e se realizou plenamente no seio da Virgem Maria; um encontro que continua hoje a ser realidade.

A todos peço: deixa que Jesus te encontre. Que Ele te encontre onde estás e onde vives: na tua família, no teu trabalho, nos teus tempos livres, na tua paróquia, nos teus momentos de oração. Deixa que Ele se faça carne, se faça vida na tua vida. Sem este encontro, o ambiente natalício que vamos viver e que prepara a grande festa do Natal pode ser apenas barulho, luzes e música - realidades exteriores que passam. O encontro com Deus, esse permanece e dá consistência à festa exterior.

Este ano a nossa renúncia do Advento será endereçada para as obras de beneficiação da casa de retiros do Terreiro da Luta, de forma a que cada vez mais grupos de cristãos ali se disponham a encontrar Jesus.

A renúncia da Quaresma deste ano, a favor dos irmãos da Venezuela, foi de 31.121,81 €. Uma parte (20.121,81€) será entregue à Caritas diocesana para apoio aos venezuelanos que cheguem e que necessitem da nossa ajuda e à Caritas Portuguesa para o projecto de apoio à Venezuela "Nutrir com esperança". Finalmente, outra parte (15.000,00€) será enviada à diocese de San Carlos (Venezuela), para apoio de várias obras de acordo com o Bispo local, Mons. Polito Rodriguez Méndez.

Bom Advento! Saúda-vos o

+ Nuno, Bispo do Funchal

D. Teodoro de FARIA - Recolhei os Fragmentos (volume I)

No próximo dia 6 de dezembro, pelas 18 horas, será apresentado o livro “Recolhei os Fragmentos (Volume I)” de D. Teodoro de Faria, bispo emérito do Funchal.

A apresentação deste primeiro volume, que decorrerá no auditório do Centro de Estudos de História do Atlântico (CEHA), estará a cargo e João Henrique Silva, diretor do Museu de Arte Sacra do Funchal.

Na obra, com a edição da Lucerna, uma chancela da Princípia Editora, o próprio bispo emérito do Funchal escreve:  «Entre os numerosos textos que aos domingos apresentei ao povo cristão da Madeira, muitos, segundo me disseram os seus leitores, foram um alimento espiritual que enriqueceu muito as suas vidas no Dia do Senhor.

Foram esses fiéis, uns ilustres pelos estudos, outros muito simples e bons, mas todos de grandes fé e sabedoria cristã, que me incentivaram a não desistir de escrever […]. De alguns bispos, padres e diretores espirituais recebi a mesma petição: “Enquanto puderes”, disseram-me, “não deixes de semear pela palavra escrita ou pregada o Evangelho”.

Este livro, devido ao seu conteúdo multíplice, não precisa de ser lido do princípio ao fim: cada leitor poderá escolher o tema que mais lhe agrade ou seja útil.

Os temas são geralmente bíblicos, do Antigo e do Novo Testamento, de espiritualidade, tanto da Igreja Latina como da Ortodoxa, com exemplos de homens e mulheres que alimentaram a sua vida com a Palavra de Deus, sem excluir o ecumenismo e a história da Igreja local e universal.»

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub