Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paróquia dos Álamos, Funchal

Nunca teve pai na a terra.

jesusdiscutecomfariseus.jpg«Jesus foi à sua terra e começou a ensinar os que estavam na sinagoga, de tal modo que ficavam admirados e diziam: “De onde Lhe vem esta sabedoria e este poder de fazer milagres? Não é Ele o filho do carpinteiro? A sua Mãe não se chama Maria e os seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas? E as suas irmãs não vivem entre nós? De onde Lhe vem tudo isto?”. E estavam escandalizados com Ele. Mas Jesus disse-lhes: “Um profeta só é desprezado na sua terra e em sua casa”. E por causa da falta de fé daquela gente, Jesus não fez ali muitos milagres» (Mateus 13,54-58).

Os estantes (!) da sinagoga rejeitam Jesus por ter sido criado na terra e entre os pobres. É filho do carpinteiro; não é da casa de um empresário ou desportista, de um dos quatro poderes da terra, nunca teve aqui pai. Mãe e irmãos tratam-se por Maria, Tiago, José, Simão, Judas; não têm título nem capítulo na História dos vencedores. Entre admirações, ditos, escândalos, mal veem o milagre, porque não têm fé. «Esta era condição indispensável e causa imediata dos sinais com que Jesus autenticava a presença do Reino de Deus na Sua pessoa e atividade profética» (Basilio Caballero Álvarez — La Palabra de cada día. Comentario y oración. Madrid: San Pablo, 1990. p. 465).

«Assim será» (3.ª-feira da XVII semana do Tempo Comum, 28jul2020).

«ChoremMadeira a arder, do espaço.jpeg meus olhos, noite e dia, lágrimas sem fim, porque uma grande ruína, uma chaga atroz, tortura a virgem, filha do meu povo. Se saio para o campo, eis os mortos à espada; se entro na cidade, eis as vítimas da fome. Tanto o profeta como o sacerdote percorrem o país e não compreendem. Acaso rejeitastes inteiramente Judá? Porque Vos desgostastes com Sião? Porque nos feristes sem esperança de remédio? Esperávamos a paz e nada vemos de bom, uma era de restauração e surgiu a angústia. Reconhecemos, Senhor, a nossa impiedade e a culpa dos nossos pais, porque pecámos contra Vós. Não nos rejeiteis, por amor do vosso nome, não deixeis profanar o vosso trono de glória. Recordai e não revogueis a vossa aliança connosco. Pode algum dos falsos deuses das nações fazer que chova? Ou é o céu que nos sozinho os aguaceiros? Não sois Vós, Senhor, nosso Deus, em quem esperamos? Na verdade, sois Vós que realizais tudo isto» (Jeremias 14, 17-22).

1.ª leitura da Missa de hoje

Jr 13,1-11.png

 

Leitura do Livro de Jeremias
O Senhor disse-me: «Vai comprar uma faixa de linho e põe-na à cintura, mas sem a molhares na água». Eu comprei a faixa e pu-la à cintura, como o Senhor me tinha ordenado. Pela segunda vez me foi dirigida a palavra do Senhor: «Toma a faixa que compraste e que trazes à cintura, põe-te a caminho até ao rio Eufrates e esconde-a lá na fenda dum rochedo». Eu fui esconder a faixa na margem do Eufrates, como o Senhor me tinha ordenado. Muitos dias depois, disse-me o Senhor: «Põe-te a caminhovai ao rio Eufrates buscar a faixa que lá te mandei esconder». Eu fui ao Eufrates procurar a faixa e tirá-la do lugar onde a escondera. Mas a faixa tinha-se estragado e já não servia para nada. Então o Senhor dirigiu-me a palavra, dizendo: «Assim fala o Senhor: Deste modo destruirei o orgulho de Judá, a grande soberba de Jerusalém. Este povo perverso, que recusa ouvir as minhas palavras, que segue as tendências do seu coração obstinado e segue outros deuses para os servir e adorar, ficará como essa faixa, que já não serve para nada. Porque assim como a faixa se prende à cintura do homem, também Eu tinha prendido a Mim toda a casa de Israel e toda a casa de Judá, – diz o Senhor – para que fossem o meu povo, proclamando o Meu nome, o Meu louvor e a Minha glória. Mas eles não Me obedeceram».
Palavra do Senhor.

XVII Domingo Comum A, 26jul2020

O tesouro escondido no campo. A pérola preciosa. — papa Francisco, Angelus, 26/07/2020

«O Reino dos Céus é o contrário das coisas supérfluas que o mundo oferece, é o contrário de uma vida banal: é um tesouro que renova a vida a cada dia e a expande em direção a horizontes mais amplos».

«A reação daquele que encontra a pérola ou o tesouro é praticamente igual, o homem e o mercante vendem tudo para adquirir aquilo mais têm a peito».

«Com essas duas semelhanças, Jesus se propõe envolver-nos na construção do Reino dos Céus, apresentando uma característica essencial do mesmo: aderem plenamente ao Reino aqueles que estão dispostos a arriscar tudo».

“De facto, tanto o homem, quanto o mercante das duas parábolas vendem tudo aquilo que possuem, abandonando assim as suas seguranças materiais. Disso se entende que a construção do Reino exige, não somente a graça de Deus, mas também a disponibilidade ativa do homem».

Os gestos daquele homem e do mercante que vão em busca, privando-se dos seus bens, para comprar realidades mais preciosas, são gestos decididos e radicais. «E, sobretudo, feitos com alegria, porque ambos encontraram o tesouro.”

“Somos chamados a assumir a atitude destas duas personagens evangélicas, tornando-nos também nós saudáveis buscadores irrequietos do Reino dos Céus. Trata-se de abandonar o pesado fardo das nossas seguranças mundanas, que nos impedem de buscar e construir o Reino: a ganância pela posse, a sede de lucro e de poder, o pensar somente em nós mesmos».

Em nossos dias, prosseguiu o Papa, «a vida de alguns pode resultar medíocre e sem brilho porque provavelmente não foram em busca de um verdadeiro tesouro: contentaram-se com coisas atraentes, mas efémeras, cintilantes, mas ilusórias, porque depois deixam na escuridão».

Amar Deus, os outros e verdadeiramente a nós mesmos

 Ressaltando que o Reino dos Céus «é um tesouro que renova a vida a cada dia e a expande em direção a horizontes mais amplos», o Pontífice acrescentou que «quem encontrou este tesouro tem um coração criativo e em busca, que não repete, mas inventa, traçando e percorrendo novos caminhos, que nos levam a amar Deus, a amar os outros, a amar verdadeiramente a nós mesmos».

«Jesus, que é o tesouro escondido e a pérola de grande valor, só pode suscitar alegria, toda a alegria do mundo: a alegria de descobrir um sentido para a própria vida, a alegria de senti-la comprometida com a aventura da santidade».

«Que a Santíssima Virgem nos ajude a buscar todos os dias o tesouro do Reino dos Céus, a fim de que em nossas palavras  e em nossos gestos se manifeste o amor que Deus nos deu através de Jesus», disse o Santo Padre dirigindo-se a Nossa Senhora antes de recitar a oração do Angelus.

Cf. vaticanews

«Ao pequenino sabe bem tudo quanto possui: saciar-se com a imagem do Filho» (XVII Domingo Comum A, 26jul2020).

https://www.facebook.com/alamosparoquia/posts/163708915278885

 

 

 

 

 


Mão do Senhor

Não deixar pela igreja evita contágios!

№ 614 | ano xii | publicação desde 26outmmviii

17.º Domingo Comum A, 26jul2020

Por nossas palavras

Apresentação dos crismandos

«Sr. Bispo,

O mundo, nestes tempos, pare­ce‑se com o caminho da Azinha­ga: com va­las que se fecham e tor­nam a abrir e poeira que nos im­pede de ver mais longe.

Seja bem-vindo a esta periferia do Funchal, sempre.

Apresento-lhe estes resistentes: jo­vens que tentam tirar a escola de ca­sa, adultos com o trabalho em causa, todos com o futuro incerto quanto ao sustento ou ao Matrimónio e família ou a outro serviço de Deus: resistem a tudo isto porque Jesus Cristo os en­con­trou de surpresa¯ ou porque O pro­curaram enquanto se pode encon­trar (Is 55,6): na Missa, na reza, com a pa­ciência da semen­teira (cf. Mt 13,24-43); peço ao Sr. Bispo que os confirme com o Crisma e o Divino Espírito Santo».

Agradecimentos

«ao Sr. Bispo, ao Sr. Secretário E­pis­copal, às famílias, aos Sr.es ca­tequis­tas, aos Sr.es párocos ante­riores, aos demais paroquianos, a quem tem custeado, oferecido e posto flores, preparado a igreja, a liturgia, pelo canto, cuidado pela Eucaristia: acóli­tos, ministros ex­traordinário da Co­munhão, Con­fraria do Santíssimo Sa­cramento e diferentes movimentos».

 

Hoje, XVII Dº Comum A, 26jul9h e 11h — Missa \/

 

Cantemos todos

->]¯Entrada¯EV-CT44

Somos um povo que caminha e juntos caminhando podemos al­cançar… R: outra cidade onde há justiça sem penas nem tris­tezas, cidade onde há paz.

u Somos um povo que caminha, * que marcha pelo mundo, bus­can­do outra cidade. * Somos errantes peregrinos * em busca de um des­tino, destino de uni­dade. * Sempre seremos cami­nhantes, * pois só caminhando, * podemos alcançar… R:

v Sofrem os homens irmãos nos­sos * buscando entre as pedras a parte do seu pão. * Sofrem os ho­mens oprimidos, * os homens que não têm nem paz nem liber­dade. * Sofrem os homens irmãos nossos * mas, vindo Tu com eles, Contigo alcançarão… R:

w Dá-nos valor p’ra nossas lutas, * valor nas horas tristes, valor em nosso afã. * Dá-nos a luz da tua Palavra, * que guia nossos passos por este cami­nhar. * Marcha, Se­nhor, a nosso lado, * pois só em tua presença podemos alcançar… R:

x Dura se faz a nossa marcha * andando entre as sombras de tan­ta obscuridade. * Todos os cor­pos desgastados * já sentem o cansaço de tanto caminhar. * Mas nós te­mos a certeza * de que nossas fa­digas * por fim alcançarão… R:

 

Coleta | pra rezar com quem está em casa, doente| Senhor nosso Pai, fonte de sapiência, que em Je­sus Cristo nos re­velastes o te­souro escon­dido e a pérola pre­ciosa, con­ce­dei-nos o dis­cerni­mento do Espí­rito para sa­bermos apreciar entre as coisas do mundo o valor ines­ti­má­vel do vosso Reino, dispostos a qualquer renúncia para rece­ber os vossos dons.

Palavra do Senhor ¨

1ª| 1Reis 3, 5.7-12| Pediste a sabe­doria.

Responsorial¯ ML-SRp.140¯ Quanto
amo, Senhor, a Vossa lei.
+ Sal­mo 118 (119)

2ª| Romanos 8, 28-30| Predesti­nou­‑nos para sermos conformes à i­magem do seu Filho.

¯Aclamação¯ Aleluia! Antífona: Ben­dito sejais, ó Pai, Se­nhor do céu e da terra, * porque revelastes aos pequeninos † os mistérios do reino.

Evangelho| Mateus 13, 44-52| Vendeu tudo quanto possuía.

 

[><] Apresentação dos Dons¯

partituras-padre-ignacio.com

Pedi e recebereis; procurai e achareis; batei, batei e abrir-se-vos-á.

u Em Vós, Senhor, me refugio, ja­mais serei confundido, * pela vossa justiça, salvai-me. * Incli­nai para mim os vossos ouvidos, * apressai-Vos em me libertar.

v Sede a rocha do meu refúgio * e a fortaleza da minha salvação; * porque Vós sois a minha força e o meu refúgio, * por amor do vosso nome, guiai-me e conduzi-‑me.

w Livrai-me da armadilha que me prepararam, * porque Vós sois o meu refúgio. * Em vossas mãos entrego o meu espírito, * Senhor, Deus fiel, salvai-me.

x Eu, porém, confio em Vós, Se­nhor: * Disse: «Vós sois o meu Deus, * nas vossas mãos está o meu destino». * Livrai-me das mãos dos meus inimigos e perse­guidores.

y Como é grande, Senhor, a vos­sa bondade, * que tendes reser­vada para os que Vos temem: * à vista dos homens Vós a conce­deis * à­queles que em Vós confi­am.

Oração dos Fiéis =o.f.-

sº19h| Abençoai, Senhor, o Vos­so povo.

dº9h| Nós Vos rogamos, Senhor, ouvi-nos.

dº11h| Pela Vossa misericórdia, ouvi-nos, Senhor.

 

Aclamação de anamnese  Mistério da fé!

 

[<>] Comunhão¯CS-OC-p271

Vinde, benditos de meu Pai, * Re­cebei em herança o reino * Pre­parado para vós desde o princí­pio do mundo. * Aleluia.

u Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom, * Porque é eterna a Sua misericórdia.

Diga a casa de Israel: * É eterna a Sua misericórdia.

Diga a casa de Aarão: * É eterna a Sua misericórdia.

Digam os que temem o Senhor: * É eterna a Sua misericórdia.

v Na tribulação invoquei o Se­nhor: * Ele ouviu-me e pôs-me salvo.

O Senhor é por mim, nada temo: * Que poderão fazer-me os ho­mens?

O Senhor está comigo e ajuda-me: * Não olharei os meus ini­mi­gos.

w Mais vale refugiar-se no Senhor, * Do que fiar-se nos homens.

Mais vale refugiar-se no Senhor, * Do que fiar-se nos poderosos.

 

[-> Final ¯CT228

Anunciaremos Teu reino, Senhor!

R: Teu reino, Senhor, Teu reino.

u Reino de Paz e Justiça, * reino de Vida e Verdade. R

v Reino de Amor e de Graça, * rei­no que habita em nós. R

w Reino que sofre violência * e que não é deste mundo. R

x Reino que já começou, * reinoquenãoteráfim.R

Anunciaremos teu reino, Senhor! R

 

Esta semana \/ Missa

 

2ªfª27jul19h <-/

1ª| Jeremias 13,1-11

R| Abandonaste a Deus que te cri­ou. + Deuteronómio 32,18-19.20. 21

Evangelho| Mateus 13,31-35

o.f.| Ouvi, Senhor, as nossas sú­plicas,

 

3ªfª28jul19h <-/

1ª| Jeremias 14,17-22

R| Salvai-nos, Senhor, para glória do vosso nome. + Salmo 78 (79)

Evangelho| Mateus 13,36-43

o.f.| Ouvi-nos, Senhor.

 

4ªfª29jul17h — atendo; 19h <-/ santa Marta

1ª| 1 João 4,7-16 (apropriada)

R| Sois o meu refúgio, Senhor, no dia da minha tribulação. + Salmo 58 (59)

Evangelho| João 11,19-27 (própria)

o.f.| Deus, fonte de toda a santi­dade, ouvi-nos.

 

5ªfª30jul19h <-/

1ª| Jeremias 18,1-6

R| Feliz o que tem por auxílio o Deus de Jacob.+Salmo 145 (146)

Evangelho| Mateus 13,47-53

o.f.| Ouvi-nos, Senhor

 

6ªfª31jul17h — atendo; 19h <-/ santo Inácio de Loiola

1ª| Jeremias 26,1-9

R| Pela vossa grande miseri­córdia, atendei-me, Senhor. +
Salmo 68 (69)

Evangelho| Mateus 13,54-58

o.f.| Guiai-nos, Senhor, no cami­nho da vida.

 

sº27jul19h \/

 

De hoje a 8, XVIII D.º Co­mum A, 26jul9h e 11h — Missa \/

1ª| Isaías 55,1-3

R¯ Vós abris, Senhor, a Vossa mão e saciais a nossa fome. + Salmo 144 (145)

2ª| Romanos 8,35.37-39

Evangelho| Mateus 14,13-21

 

~Vaga~

Se Deus quiser, a 26 de setembro, abrirá a catequese/ 2020-2021. Em agosto e setembro, ao domingo, das 10h às 11h, podem inscre­ver-se, pela 1ª vez na Paróquia,quem for

 * transferido por outro pároco;
 * nascido até 31dez2001, prò grupo ≥20;
 * nascido até 31dez2014, prò ano;
trazendo todos:

* 2fotografias/tipo/passe,

* 1 documento do Batismo;

e adquirindo

* o catecismo.

 

18 de julho de 2020: desejado dia da Confirmação dos nossos crismandos. De novo, obrigado a todos por tudo!

https://www.facebook.com/alamosparoquia?__tn__=%2CdC-R-R&eid=ARBj00P6aHBWZxi5Wo5Stp6-h5nMKNh4ENwj2r-IwHYDLfP02Z8f7BNUCPkG_ejXO3-2UqTrQbVTdL7m&hc_ref=ARQMt5Q4QgwVYU5m9-8UDAJpB_G3N3uVoe_ioaFgtefez2mt_B2blRFfb2pACS5o0fM&fref=nf

https://www.facebook.com/alamosparoquia?__tn__=%2CdC-R-R&eid=ARAdEWfECjo7DAJl4iJvXyLEwMeEbsDziqWGMSehYvSD4gUseSi7Afn-TG7g2d_9Gmfr9SHRrPugoMsI&hc_ref=ARRd4cx_p1WnulpbP7LtDG14F1veghdZJYZ8ihQcUbW4IR3x0nEpAJZGG7-xmq-HNK8&fref=nf

«Deixai-os crescer» (XVI Domingo Comum A, e Crisma).

613.1.png

613.2.png

613.3n.png

613.4n.png

613.5n.png

613.6n.png

613.7n.png

613.8n.png

só o texto

 

Bem-vindo!

 

 

Mão do Senhor

Não deixar pela igreja evita contágios!

№ 613 | ano xii | publicação desde 26outmmviii

16º Domingo Comum A, 19jul2020

Paróquia dos Álamos

* caminho da Azinhaga, 3/9020-067 Funchal
'291751451 : facebook.com/alamosparoquia
hectoralamos@sapo.pt alamos.blogs.sapo.pt


Sº18jul17h — Missa Ì Con­firma­ção pre­sididas pelo Sr. D. Nuno, Bis­po do Fun­chal; 19h — Mis­sa. Hoje, XVI Domingo Co­mum A, 19jul9h e 11h — Missa:

 

Cantemos todos

 

->]¯Entrada¯ FS-CT348

O espírito do Senhor encheu todo o universo, Ele que tudo possui, conhece todas as línguas. Aleluia. Aleluia. Aleluia! Aleluia!

u Aclame o Senhor a terra inteira. * Cantai a Glória do Seu nome. Aleluia. Aleluia.

v Rendei-lhe um louvor glo­rioso, * dizei-‑lhe: Admiráveis são as Vossas obras. Aleluia. Aleluia.

w Aclamai, justos, o Senhor, * Ele é digno do louvor dos seus fiéis. Ale­luia.

x Dai graças ao Senhor, * cantai ao som da arpa e da cítara. Aleluia. Aleluia.

Ato penitencial [...] Confesso a Deus todo­‑poderoso e a vós, ir­mãos, que pequei mui­tas vezes por pensa­mentos e pala­vras, atos e omissões, por minha culpa, mi­nha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, ir­mãos, que ro­gueis por mim a Deus, Nos­so Se­nhor. [...]

 

& Coleta | pra rezar com quem es­tá em casa, doente| Sus­tentai-nos sempre, Se­nhor nosso Pai, com a força e a paci­ência do vosso amor; frutifique em nós a vos­sa palavra, semente e fer­men­to da Igreja, para que renasça em nós a espe­rança de ver crescer a humanida­de nova, que o Se­nhor fará res­plandecer como sol no Rei­no que há de vir.

Palavra do Senhor ¨

1ª| Sabedoria 12,13.16-19| Após o pecado, dais lugar ao arrependi­mento.

Responsorial ¯ML-SR-p138¯ Senhor, sois um Deus cle­mente. Sois um Deus clemente e compassivo. + Salmo 85 (86)

2ª| Romanos 8,26s| O Espírito in­tercede por nós com gemidos i­nefáveis.

¯Aclamação¯ Aleluia! Antífona: Ben­dito sejais, ó Pai. Senhor do céu e da terra, *porque revelas­tes aos pequeninos os mistérios do reino.

Evangelho| Mateus 13,24-[30]43| Deixai-os crescer ambos até à ceifa.

 

Rito da Confirmação

Apresentação dos confirmandos ao Sr. Bispo, todos de pé! Homilia, sentados!

 

Renovação das promessas batismais

Sr. Bispo: Renunciais a Satanás, a todas as suas obras e a todas as suas seduções?

Confirmandos: Sim, renuncio.

Sr. Bispo: Credes em Deus Pai to­do-pode­roso, cria­dor do céu e da terra?

Confirmandos: Sim, creio.

Sr. Bispo: Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nas­ceu da Vir­gem Maria, pa­de­ceu e foi sepultado, res­suscitou dos mortos e está à direita do Pai?

Confirmandos: Sim, creio.

Sr. Bispo: Credes no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e que hoje, pelo sacramen­to da Confirma­ção, de modo singular vos é comunica­do, como aos Apóstolos no di­a do Pen­tecostes?

Confirmandos: Sim, creio.

Sr. Bispo: Credes na santa Igreja cató­lica, na comu­nhão dos Santos, na remissão dos pecados, na res­sur­rei­ção da carne e na vida eterna?

Confirmandos: Sim, creio.

Sr. Bispo: Esta é a nossa fé. Esta é a fé da Igreja, que nos gloriamos de professar em Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Todos: Amen.

 

Imposição das mãos

Sr. Bispo: Oremos... (silêncio). Deus todo-‑poderoso, Pai de Nos­so Senhor Jesus Cris­to, que, pela água e pelo Espírito San­to, des­­tes uma vida nova a estes vossos servos e os libertas­tes do pecado, enviai sobre e­les o Espírito Santo Paráclito; dai-lhes, Se­nhor, o espírito de sabedoria e de inteli­gência, o es­pírito de conselho e de fortale­za, o espírito de ci­ên­cia e de pie­dade, e en­chei-os do es­pírito do vosso te­mor. Por Nos­so Se­nhor Jesus Cristo, vos­so Filho, que é Deus con­vosco na unidade do Espírito San­to.

Todos: Amen.

 

¯Crismação¯ CS-CEC II-p163

Recebestes um Espírito que faz de vós filhos adotivos. * É por Ele que clamamos: Abbá, ó Pai.

Œ Todos os que se deixam guiar pelo Espí­rito, * esses é que são filhos de Deus.

 Esse mesmo Espírito dá teste­munho ao nosso espírito * de que somos filhos de Deus.

Ž Se somos filhos de Deus, somos
também herdeiros: * herdeiros de Deus e herdeiros com Cristo.

 Vede que amor tão grande o Pai nos concedeu, * a ponto de nos podermos chamar filhos de Deus.

 

O pa­dri­nho põe a mão direita sobre o ombro direito do a­filha­do. O Sr. Bispo traça o sinal da cruz na fronte do con­fir­mando, com o crisma, dizendo: [NOME], re­cebe, por este sinal, o Espírito Santo, o dom de Deus!

Confirmado: Amen.

Sr. Bispo: A paz esteja contigo.

Confirmado: Amen.

 

Oração dos fiéis (Oração Universal, p. 445) — Repetimos a resposta que o Sr. Bispo propuser.

 

[><] Apresentação dos Dons¯FS-CT62

Bendito sejas, Senhor nosso Pai!

|:Nossa alma exulta e can­ta.

Bendito sejas, Senhor!:|2X

uPelo pão e pelo vinho, * dás a vi­da a todo o homem.

vNeste pão e neste vinho * toda a terra a Ti se oferece.

wNeste pão e neste vinho, * o tra­balho se faz reino.

xPelo pão e pelo vinho * se reúne a cria­ção.

yEste pão e este vinho * são lou­vor do mundo em festa.

{Neste pão e neste vinho, * Tu nos dás a salvação.

 

Sr. Bispo: Orai, irmãos, para que o meu e vosso sacrifício seja aceite por Deus Pai todo-poderoso.

Todos: Receba o Senhor por tuas mãos es­te sacri­fício, para glória do seu nome, pa­ra nosso bem e de toda a santa Igreja.

[...] Pai nosso [...]

Sr. Bispo: Livrai-nos de todo o mal... Jesus Cristo nosso Sal­va­dor.

Todos: Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

Sr. Bispo: Senhor Jesus Cristo... na unidade do Espírito Santo.

Todos: Amen.

Sr. Bispo: A paz do Senhor esteja sempre con­vosco.

Todos: O amor de Cristo nos uniu. [...]

Sr. Bispo: Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do Mundo.

Todos: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo.

 

 [<>] Comunhão¯ CS-CT864

A semente é a Palavra de Deus e o semeador é Cristo. Quem ouve a Sua Palavra

|:viverá para sempre.:|2X

Œ Feliz daquele que escolheis e chamais * para habitar em vossos átrios. * Seremos saciados dos bens da vossa casa, * da san­ti­da­de do vosso tabernáculo.

 Visitastes a terra e a regastes * enchen­do-a de fertilidade. * As fontes do céu transbordam em á­gua * e fazeis brotar o trigo.

Ž Assim preparais a terra, * regais os seus sulcos e aplanais as lei­vas. * Vós a inun­dais de chuva * e abençoais as sementes.

x Coroastes o ano com os vossos benefí­cios, * por onde passastes brotou a abun­dância. * Vicejam as pastagens do deser­to, * e os outei­ros vestem-se de festa.

y Os prados cobrem-se de reba­nhos * e os vales enchem-se de trigo. * Tudo canta e grita de ale­gria. * com os vossos prodí­gios, Se­nhor.

 

Sr. Bispo: O Senhor esteja convosco.

Todos: Ele está no meio de nós.

Sr. Bispo: Bendito seja o nome do Senhor.

Todos: Agora e para sempre.

Sr. Bispo: O nosso auxílio vem do Senhor.

Todos: Que fez o céu e a terra.

Sr. Bispo: Abençoe-vos Deus todo-pode­roso, Pai, Filho e Espírito Santo.

Todos: Amen.

Padre: Ide em paz e o Senhor vos acom­panhe.

Todos: Graças a Deus.

 

[-> Final ¯CG-CAmC244

uSois a semente que há de cres­cer, * sois a estrela que há de bri­lhar. * Sois o fermento da terra e o sal, luz nova no mundo a alas­trar. * Vós sois o sol da manhã a nas­cer, sois a espiga que há de cres­cer. * Vós sois no mundo denúncia do mal, profetas que vou enviar.

Ide, amigos, pelo mundo anun­ciando o amor, mensageiros da vida, do perdão e da paz. Sede, amigos, testemunhas da minha ressurreição, Sede minha pre­sença; Eu convosco estarei.

vSois uma chama que há de a­cender es­plendores de fé e amor. * Sois os pastores que hão de gui­ar * o mundo por sendas de paz. * Sois os amigos eleitos de Deus, * sois palavra que deve gri­tar. * Sois Reino novo que há de gerar, justi­ça, verdade e amor.

wSois fogo novo que eu vim tra­zer * sois a onda que agita o mar. * Sois o fermento que vai levedar * a massa do mundo me­lhor. * Uma ci­dade não se esconderá * nem os montes se hão de ocultar. * Em vossas obras que buscam o bem * sereis teste­mu­nhas do amor.

Esta semana \/ Missa

2ªfª7jul19h <-/

1ª| Miqueias 6,1-4.6-8

R| A quem procede retamente farei ver a salvação de Deus.+Salmo49(50)

Evangelho| Mateus 12,38-42

o.f.| Ouvi-nos, Senhor.

 

3ªfª21jul19h <-/

1ª| Miqueias 7,14-15.18-20

R| Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia. + Salmo 84 (85)

Evangelho| Mateus 12,46-50

o.f.| Deus de bondade, ouvi-nos.

4ªfª22jul17h — atendo; 19h <-/ fes­ta de S. Maria Madalena

1ª| Cântico dos Cânticos 3,1-4a

R¯ A minha alma tem sede de Vós, Senhor, meu Deus. + Salmo 62 (63)

Evangelho| João 20,1.11-18

o.f.| Dai-nos, Senhor, o vosso Es­pírito.

 

5ªfª23jul19h <-/ festa de S. Brígi­da

1ª| Gálatas 2,19-20

R¯ Saboreai e vede como o Se­nhor é bom. + Salmo 33 (34)

Evangelho| João 15,1-8

o.f.| Deus, fonte de toda a santida­de, ouvi‑nos.

 

6ªfª24jul17h — atendo; 19h <-/

1ª| Jeremias 3,14-17

R| Como o pastor guarda o seu rebanho, assim nos guarda o Senhor. + Jeremias 31,10-13

Evangelho| Mateus 13,18-23

o.f.| Ouvi-nos, Senhor.

 

sº25jul19h  \/ reunião de quem lê na Missa e distribui a Comunhão

 

De hoje a 8, XVI Dº Comum A, 26jul9h e 11h — Missa \/

1ª| 1Reis 3,5.7-12

R¯ Quanto amo, Senhor, a vossa lei. + Salmo 118 (119)

2ª| Romanos 8,28-30

Evangelho| Mateus 13,44-52

 

~Vaga~

Se Deus quiser, a 26 de setembro, abrirá a catequese/ 2020-2021. Em agosto e setembro, ao domingo, das 10h às 11h, podem inscre­ver-se, pela 1ª vez na Paróquia,quemfor

* transferido por outro pároco;
* nascido até 31dez2001, prò grupo ≥20;
* nascido até 31dez2014, prò ano;
trazendo todos: *2fotografias/tipo/passe,

                                            *1 documento do Batismo;

e adquirindo o     *o catecismo.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub