Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Paróquia dos Álamos, Funchal

5.ª semana do Tempo Comum B

642.1-2.png

642.3.png

642.4.png

642.5.png

642.6.png

642.7.png

642.8.png

só texto:

Mão do Senhor

№ 642 | ano XIII | publicação desde 26outMMVIII

5º Domingo Comum B, 7fev2021

 

Há 8 dias:

Perfumeelumenovos,vendavalmansodegraçaedebondade

«Eis Jesus a entrar com os Seus dis­cípulos em Cafarna­um, na sinagoga deles, e ensinava e orde­nava tudo de forma nova. [...] A Sua autorida­de começava ali, no pró­prio ato de di­zer ou de fazer. E as pessoas de Cafarnaum foram to­madas de tan­to espanto, que tive­ram de consta­tar logo ali que saía dos Seus lábios e das Suas mãos um mundo novo, belo e bom, or­denado segun­do as pautas da Cri­ação (Marcos 1,22 e 27). [...] Sabi­am bem o que eram os exorcis­mos, e como se faziam os exorcismos. Estavam muito em

voga naquele tempo. Eram longos, estra­nhos, complicados, chei­os de fór­mulas mágicas e ritos e­sotéri­cos. Mas Jesus diz uma pala­vra criado­ra: “Cala-te e sai desse ho­mem”, e tudo fica de imediato re­solvido! (Marcos 1,25-26). [...] A primeira nota de todo o anuncia­dor ou A­rau­to ou Mensageiro não as­senta na capacidade deste, mas na sua fide­lidade Àquele que lhe confia a men­sagem que deve a­nunciar. É em Seu nome que diz o que diz, que diz como diz. No En­viado é o Rosto do Enviante que se deve ver em con­traluz ou fili­grana pura. No Enviado ou Men­sa­geiro ou Anun­ci­a­dor é verda­deiramente Deus que visita o Seu povo. [...] Vê-se que é urgente li­bertar o coração, as mãos, a bo­ca. Vive-se da Palavra. Morre-se de náusea. [...] Face a esta ur­gência, esta grandeza, esta beleza Primei­ra e Última, Novíssi­ma, tudo o resto deve ser relativi­zado. Uma única grande devoção, dedicação, amor, deve nortear a nossa vida: a nossa total dedica­ção a Cristo, sem oscilação nem distração. Grande ensinamento de S. Paulo, hoje, na sua Primeira Carta aos Coríntios 7,32-35». Dom António Couto — mesadepalavras.wordpress.com

 

Hoje, Vº Dº Comum, 7fev2021 — Missa: 9h   e 11h   15h — desmanchar o presépio.

 

Cantemos todos

->] Entrada ¯CS-CT735

Toda terra Vos adore, Senhor, * e entoe hinos ao Vosso nome, ó Altíssimo. * Toda a terra Vos adore, Senhor.

u Aclamai a Deus, terra inteira, * cantai a glória do Seu nome, * ce­lebrai os Seus louvores, * dizei a Deus: «Maravilhosas são as Vos­sas obras.

v Ante a grandeza do Vosso po­der, * curvam-se os Vossos inimi­gos. * A terra inteira Vos adore e celebre, * entoe hinos ao Vosso nome».

Ž Vinde contemplar as obras de Deus, * admirável na Sua ação pelos homens: * Mudou o mar em terra firme, * atravessaram o rio a pé enxuto.

 Alegremo-nos n’Ele. * Domina e­ternamente com o Seu poder; * os Seus olhos observam as na­ções, * os rebeldes não levanta­rão a cabeça.

 Povos, bendizei o nosso Deus, * fazei ressoar os Seus louvores. * Foi Ele quem conservou a nossa vida * e não deixou que nossos pés vacilassem.

 

& Coleta | pra rezar com quem es­tá em casa, doente| Ó Deus, que no Vosso amor de Pai Vos aproxi­mais do sofrimento de todos os ho­mens e os unis à Páscoa do Vosso Filho, tornai-nos puros e fortes nas provações, para que, a exemplo de Cristo, aprendamos a partilhar com os irmãos o mistério da dor, ilumi­nados pela esperança que nos salva

 

Palavra do Senhor ¨

1ª| Job 7,1-4.6s |Agito‑me angusti­ado até ao crepúsculo.

Responsorial¯ ML-SR-p212¯ Louvai o Senhor que salva os corações atribulados. Louvai o Senhor. + Salmo 146 (147)

2ª| 1 Coríntios 9,16-19.22s | Ai de mim se não evangelizar.

¯Aclamação¯ Aleluia! Antífona: Cristo suportou as nossas enfermidades.e tomou sobre Si as nossas do­res.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Evangelho| Marcos 1,29-39 | Curou muitas pessoas atormentadas por várias doenças.

 

[><] Apresentação dos Dons ¯CT64

|: É nossa oferta. recebei, Senhor.:|2X

u Recebei, Pai santo,* esta hóstia imaculada;* o nosso pão e o nos­so vinho,*para o Corpo e Sangue de Jesus.

v O nosso trabalho e as nossas lutas,*a nossa fadiga e o nosso repouso;*a nossa riqueza e a nossa pobreza,*a nossa virtude e a nos­sa miséria.

Ž A nossa saúde e a nossa doen­ça,* a nossa vida e a nossa mor­te;* tudo o que somos e temos,* para aumento do Vosso reino.

 

Oração dos Fiéis =o.f.

sº18h| Escutai, Senhor, a oração
o Vosso
povo.

dº9h| Mostrai-nos, Senhor, o Vosso amor.

dº11h| Nós Vos rogamos, Se­nhor, ouvi-nos.

 

Aclamação de anamnese  Mistério da fé

 

[<>] Comunhão¯ JFS-CT875

|:Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.:|2x

ΠLouva, minha alma, o Senhor, * louvarei o Senhor toda a minha vida,

 Feliz o que tem por auxílio o Deus de Jacob, * o que põe Sua confiança no Senhor, Seu Deus,

Ž que fez o céu e a terra, * o mar e quanto neles existe.

 Eternamente fiel à Sua palavra, * faz justiça aos oprimidos † e dá pão aos que têm fome.

 O Senhor dá liberdade aos cati­vos, * o Senhor dá vista aos ce­gos.

‘ O Senhor levanta os abatidos, * o Senhor ama os justos.

’ O Senhor protege os peregri­nos, * ampara o órfão e a viúva † e entrava o caminho aos pecado­res.

“ O Senhor reina eternamente. * Sião, o teu Deus é rei por todas as gerações.

 

[-> Final ¯ CG-CAmC244

u Sois a semente que há de cres­cer, * sois a estrela que há de bri­lhar. * Sois o fermento da terra e o sal, luz nova no mundo a a­las­trar. * Vós sois o sol da manhã a nas­cer, sois a espiga que há de cres­cer. * Vós sois no mundo de­núncia do mal, profetas que vou  enviar.

 

Ide, amigos, pelo mundo anun­ciando o amor, mensageiros da vida, do perdão e da paz. Sede, amigos, testemunhas da minha ressurreição, Sede minha pre­sença; Eu convosco estarei.

v Sois uma chama que há de a­cender esplendores de fé e a­mor. * Sois os pastores que hão de gui­ar * o mundo por sendas de paz. * Sois os amigos eleitos de Deus, * sois palavra que deve gri­tar. * Sois Reino novo que há de gerar, justi­ça, verdade e amor.

 

Esta semana ” Missa

 

2ªfª8fev18h <-/

1ª| Génesis 1,1-19

R| Rejubile o Senhor nas Suas obras. + Salmo 103 (104)

Evangelho| Marco 6,53-56

o.f.| Pai do Céu, dai-nos a fé em Vosso filho.

 

3ªfª9fev18h <-/

1ª| Génesis 1,20–2,4a

R| Como é admirável o Vosso nome em toda a terra, Senhor, nosso Deus! + Salmo 8

Evangelho| Marcos 7,1-13

o.f.| Ouvi-nos, Senhor.

 

4ªfª10fev17h—atendo; 18h <-/ Santa Escolástica

1ª| Génesis 2,4b-9.15-17

R| Bendiz, ó minha alma, o Senhor. + Salmo 103 (104)

Evangelho| Marcos 7,14-23

o.f.| Purificai, Senhor, o nosso coração.

 

5ªfª11fev18h

1ª| Génesis 2,18-25

R| Felizes os que esperam no Senhor. + Salmo 127 (128)

Evangelho| Marcos 7,24-30

o.f.| Ouvi-nos, Senhor.

 

6ªfª12fev17h — atendo; 17h30 — Terço; 18h <-/

1ª| Génesis 3,1-8

R| Feliz o que foi absolvido do seu pecado. + Salmo 31 (32)

Evangelho| Marcos 7,31-37

o.f.| Cristo, ouvi-nos. Cristo, atendei-nos.

 

sº13fev16h ” Missa, Terço

 

De hoje a 8, 11 anos dos Vi­centinos dos Álamos, VI Dº Co­mum, 14fev9h ” e 11h ” Missa

1ª| Levítico 13,1-2.44-46

R¯ Sois para mim refúgio. Vós me envolveis na alegria da salvação. + Salmo 31 (32)

2ª| 1 Coríntios 10,31-11,1

Evangelho| Marcos 1,40-45

 

\/ Por nossas palavras

 

Devido ao recolher obrigatório:
adia-se «sine die» a reunião do Con­selho Pastoral de sº13fev2021;

 

 

agenda-se pràs 17h30 a Missa de 4ª-feira de Cinzas, 17fev2021.

 

Recorda-se:

Está agendada reunião da Confra­ria do Santíssimo Sacramento a­pós a Missa das 9h do Domingo 3º, 21fev2021.


Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub